Amepa manifesta solidariedade a juíza Clarice Maria de Andrade

Extraído de: Associação dos Magistrados Brasileiros –  23 de Abril de 2010

A Associação dos Magistrados do Estado do Pará Amepa – vem a público manifestar a sua irrestrita solidariedade a Juíza Clarice Maria de Andrade, que na data de hoje foi aposentada compulsoriamente pelo Conselho Nacional de Justiça, por haver aquele órgão entendido que a magistrada foi co-responsável pelo lamentável encarceramento de uma menor em cela com homens na cidade de Abaetetuba, no final do ano de 2007

A Juíza Clarice Maria de Andrade durante toda sua carreira demonstrou a mais completa entrega a sua função de magistrada, em tudo dignificando a magistratura paraense, e agora, vítima da falência do sistema prisional brasileiro, que ela mesma já havia denunciado e requerido providências as autoridades competentes, tem sua carreira bruscamente interrompida.

A Amepa certa de que a punição aplicada à magistrada é quando menos desproporcional aos fatos que lhe foram imputados, permanecerá na defesa de sua associada, envidando todos os esforços junto às instâncias judiciais cabíveis, a fim de que em futuro bem próximo a justiça paraense possa novamente contar com a valorosa magistrada, no exercício pleno de sua jurisdição.

Belém, 20 de abril de 2010.

Juiz Paulo Roberto Ferreira Vieira

Presidente da AMEPA

Veja:

Juíza Clarice Maria de Andrade, responsável pelo estupro de menor em cela com 30 homens, falsifica documento.

Anúncios
Esse post foi publicado em Corporativismo, Impunidade. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s