Toffoli, corrupção, Ministério dos Transportes

Toffoli, corrupção, Ministério dos Transportes
DE SÃO PAULO

Toffoli
É uma vergonha para a magistratura nacional que o ministro do STF José Antonio Dias Toffoli tenha sido possivelmente presenteado com viagem e estadia em hotel de luxo na ilha de Capri, na Itália, por um advogado que tem causas passíveis de serem julgadas por ele (Poder, 22/7). Lembro que o artigo 9º, inciso I, da Lei 8.429/92, qualifica como improbidade administrativa “receber, para si ou para outrem, dinheiro, bem móvel ou imóvel, ou qualquer outra vantagem econômica, direta ou indireta, a título de comissão, percentagem, gratificação ou presente de quem tenha interesse, direto ou indireto, que possa ser atingido ou amparado por ação ou omissão decorrente das atribuições do agente público”. Com a palavra, o Ministério Público Federal.

JORGE ALBERTO DE OLIVEIRA MARUM, promotor de Justiça em Sorocaba (Piedade, SP)


Corrupção
Tudo está indicando que a presidente Dilma Rousseff está determinada a continuar firme no combate à corrupção. Os políticos brasileiros estão de orelhas empinadas, com muita inquietação tomando conta dos seus espíritos. Os maus políticos envolvidos nos esquemas de corrupção estão com os cronômetros disparados contra os seus tempos de paz. As sombras que os ocultaram por anos estão para ser dissipadas.
Há até pouco tempo, estava clara a intenção do governo de blindagem de autoridades denunciadas. Mas, felizmente, parece que, com a presidente Dilma, isso não vai se repetir. Está dando sinais de que, com ela, não terá blindagem e favorecimentos aos denunciados. A ordem é fazer uma faxina geral, independente de quem seja o envolvido no escândalo. A guerra contra todo tipo de ilícitos visa moralizar a política do país e de todos os serviços públicos. Só com a moralização das atividades públicas em geral é que a União poderá melhorar os atendimentos de todos os seus serviços e dar condições dignas à sociedade.

PAULO HIRANO (Curitiba, PR)


Concordo com Marina Silva em seu texto “Não à repetição” (Opinião, 22/7), principalmente quando ela diz: “Cada vez que a presidente disser ‘não’ aos interesses espúrios, merece
apoio do povo e, tenho certeza, o terá de grande parte do próprio Congresso”. Se este país não for reconstruído sobre fundamentos morais e éticos, não estará longe o fim da credibilidade, principalmente no governo federal. A amoralidade mostrada nos últimos dias tem que ter um basta.

CLAUDIR JOSÉ MANDELLI (Tupã, SP)


Ministério dos Transportes
É importante que esses esquemas de corrupção no Ministério dos Transportes que estão sendo denunciados pela imprensa sejam do conhecimento do povo brasileiro, mas as nuances dessas práticas viciosas são praticamente impossíveis de serem transmitidas por observadores externos, por mais eficientes que sejam. Uma dúvida atroz que sempre persiste, particularmente sobre o governo, é se é pior o profissional competente mal-intencionado ou o profissional bem-intencionado, mas incompetente.
Infelizmente, grande parte desse pessoal da cobertura, quando entende que está formalmente cumprindo a lei e preenchendo corretamente as planilhas e formulários, não precisa dar satisfações mais detalhadas e precisas para o pessoal atento dos demais andares. Ledo engano!

LUIZ ANTONIO DA SILVA (Ribeirão Preto, SP)

http://www1.folha.uol.com.br/paineldoleitor/secaodecartas/948705-toffoli-corrupcao-ministerio-dos-transportes.shtml

Anúncios
Esse post foi publicado em Outros. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s